(11) 4013 2338 | (11) 99236 1445

clinica@landsman.com.br

Logo da clínica Lands Man

ARTIGOS COM DICAS
E CUIDADOS PRA VOCÊ

Suplementação Nutricional - Ácidos graxos ou gorduras

 

ÁCIDOS GRAXOS

 

Gorduras ou ácidos graxos saturados e insaturados. 

 

São compostos formados por cadeias de átomos de carbono ligados a hidrogênio, presentes em gorduras e óleos. Podem ser classificados de acordo com o tamanho ( de cadeias curta, média ou longa) ou com o tipo de ligação da cadeia hidrocarbonada (saturados, mono e poliinsaturados).

 

Ácidos Graxos Saturados

 

São normalmente encontrados na forma sólida (gordura) e em produtos de origem animal como leite integral, manteiga, creme de leite, chantilly, queijos gordurosos  (provolone, parmesão, mussarela), banha, bacon, sebo, toucinho, gordura das carnes, pele das aves e dos peixes. A exceção é feita para a gordura do coco, que é rica em ácidos graxos saturados, apesar de ser um alimento de origem vegetal.

 

O consumo de alimentos contendo ácidos graxos saturados, além da quantidade desejada, é prejudicial, pois contribui para o aumento das taxas de colesterol no sangue.

 

Ácidos graxos insaturados

 

São normalmente encontrados na forma líquida (óleo) e em produtos de origem vegetal, exceto os óleos de peixe, que também são ricos em ácidos graxos insaturados, apesar de serem produtos de origem animal.

 

Contêm uma ou mais ligações duplas na cadeia. Quando os hidrogênios se encontram no mesmo lado do plano, são chamados de cis, se estão em lados opostos, de trans.

 

Os ácidos graxos trans estão presentes em produtos industrializados, como na margarina e na gordura vegetal hidrogenada. Em excesso, os ácidos graxos trans são tão ou mais prejudiciais que os ácidos graxos saturados, no que diz respeito à elevação dos níveis de colesterol sangüíneos.

 

Quando o ácido graxo possui uma única dupla ligação, é conhecido como monoinsaturado, se contém duas ou mais ligações duplas, é denominado poliinsaturado.

 

Os monoinsaturados estão presentes em maior quantidade no azeite de oliva e nos óleos de canola e de amendoim. Já os poliinsaturados ou essenciais, são encontrados em óleos vegetais ( girassol, milho, soja, algodão), óleos de peixe e em oleaginosas (castanha, amêndoa).

 

O consumo moderado de alimentos fontes de ácidos graxos insaturados está relacionado com a diminuição dos níveis de colesterol circulantes e conseqüentemente ao menor risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares.

 

Ácidos graxos essenciais são os poliinsaturados não sintetizados pelas células do organismo, portanto, devem ser adquiridos através da alimentação.

 

Os ácidos graxos poli-insaturados no nosso organismo são importantes para os sistemas reprodutivo, imune, na manutenção da membrana de todas as células, na fabricação de prostaglandinas que são substancias reguladoras de processos inflamatórios e da coagulação do sangue.

 

Outra função importante é permitir que as vitaminas lipossolúveis A, D, E e K sejam absorvidas pela comida; também regulam o metabolismo do colesterol.

 

Os ácidos graxos essenciais necessitam das vitaminas A, B3, B6, C e E assim como dos minerais magnésio e zinco para poderem exercer suas inúmeras funções vitais.

 

São especialmente abundantes na retina e na córtex cerebral

 

Existem dois ácidos graxos poliinsaturados ou essenciais:

 

* ômega-3 (ácido alfa-linolênico)  

 É encontrado principalmente nos peixes e óleos vegetais; a melhor fonte de ácido linolênico é o óleo de linhaça. No organismo, é convertido em ác. eicoapentanoico (EPA) e no ácido docosahexanóico (DHA).

 

* ômega-6 (ácido linoléico)

 

As melhores fontes alimentares são os óleos vegetais ( girassol, milho, soja, algodão). O ácido linoléico é convertido em ácido gamalinoléico e em seguida é usado para fazer outro ácido graxo essencial : o ácido araquidônico. É comumente encontrado em óleos de peixes de água gelada (salmão, trutas, etc.).

 

Os óleos de prímula da noite e de borragem são usados pelos fisiculturistas porque contém quantidades apreciáveis dos dois tipos de ácidos graxos.

 

* ômega-9 ( ácido oléico)

 

Pode ser produzido no nosso organismo em pequenas quantidades e por isso não é considerado como essencial. Do ácido oléico, mono-insaturado, diz-se que diminui o risco de “ataques cardíacos” e da formação de arteriosclerose.

 

 Funções dos ác. graxos essenciais: 

 

* diminuir o catabolismo (perda) muscular;

 

* aumentar a secreção de hormônio de crescimento;

 

* diminuir a taxa total de colesterol;

 

* aumentar a taxa de HDL (bom colesterol);

 

* podem ajudar a acelerar a perda de gordura corporal;

 

* aumentam a ação da insulina;

 

* otimizam o uso de oxigênio para a produção de energia (requerida para ótima performance).


* alguns ômega-6 podem ser usados em casos de neuropatia diabética, artrite reumatóide, tensão pré-menstrual e desordens de pele como eczemas e psoríase.

Acompanhe nas redes sociais