(11) 4013 2338 | (11) 99236 1445

clinica@landsman.com.br

Logo da clínica Lands Man

ARTIGOS COM DICAS
E CUIDADOS PRA VOCÊ

SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL

 

A suplementação nutricional com fins terapêuticos ou preventivos relaciona-se com o conceito dos radicais livres.

 

Radicais livres são os átomos e as moléculas orgânicas e inorgânicas que têm um ou mais elétrons não pareados, ou seja, têm uma carga. Devido a estes elétrons livres, estas moléculas ou átomos são altamente instáveis, com meia-vida curtíssima e químicamente muito reativas. A presença destes radicais é crítica para a manutenção de muitas funções fisiológicas normais.

 

A formação dos radicais livres no organismo ocorre por ação de enzimas durante as reações químicas que ocorrem no metabolismo celular (respiração aeróbica, inflamações, deficiências de enzimas dos citocromos) e pela exposição a fatores externos ( exposição ao ozônio, radiações gama e ultra-violeta, medicamentos, dieta e cigarros).

 

Nas condições que favorecem os processos oxidativos, a concentração desses radicais pode aumentar devido à maior geração intracelular ou pela deficiência dos mecanismos antioxidantes, controladores naturais dos radicais livres.

 

Os danos induzidos pelos radicais livres podem afetar muitas moléculas biológicas, incluindo os lipídeos, as proteínas, os carboidratos e as vitaminas presentes nos alimentos.

 

A ocorrência de um estresse oxidativo moderado freqüentemente é acompanhado do aumento das defesas antioxidantes enzimáticas naturais. A produção de uma grande quantidade de radicais livres não consegue ser completamente neutralizada, podendo causar danos e morte celular. É o estresse oxidativo.

 

Os danos causados pelos radicais livres ao DNA (material genético) também desempenham um papel importante nos processos de mutações celulares e como agente causador do câncer.

 

Relacionam-se aos altos níveis de radicais livres doenças como a artrite, aterosclerose, diabete, catarata, esclerose múltipla, inflamações crônicas, disfunção cerebral, cardiopatias, enfisema, envelhecimento, câncer, doenças do sistema imune.

 

Evidências têm sido acumuladas indicando que uma dieta rica em antioxidantes reduz os riscos de várias doenças humanas, incluindo doenças degenerativas como as cardiopatias, aterosclerose e problemas pulmonares.

 

A produção contínua de radicais livres durante os processos metabólicos levou ao desenvolvimento de muitos mecanismos de defesa antioxidante para limitar seus níveis intracelulares e impedir a indução de danos.

 

Antioxidante é qualquer substância que, quando presente em baixas concentrações, atrasa ou inibe a oxidação de moléculas ou átomos.

 

São exemplos de antioxidantes vitamina E, beta-caroteno, Vitamina C, flavonóides, selênio, glutationa, clorofila, L-cisteína.

Acompanhe nas redes sociais